Ver miolo
 
A Mãe que Chovia
José Luís Peixoto (texto), Daniel Silvestre da Silva (ilustração), Quetzal (editora)

Era uma vez um rapaz a quem sempre disseram que era filho da chuva. Ele não precisava que lho explicassem e repetissem, pois sabia muito bem que tinha uma mãe toda feita de água e que, mesmo viajando muito, era chuva, e, por isso, voltava sempre a casa mal o outono chegasse. Só que também sentia falta de lhe dar a mão e de estar com ela nos dias de sol em que sentia saudades, e foi por isso que partiu em busca de uma maneira de sentir que o amor da sua mãe estava sempre consigo…